Munique




Hoje, quando tentava ressuscitar o meu velho computador para ver o que podia de lá recuperar, encontrei umas fotos antigas de Munique, das quais já nem me lembrava. Foi a primeira viagem grande que fiz com os meus filhos, ele com 10, ela com 8. Até aí, dividia as águas: viajava com o meu marido, ou amigos, e as férias em família, com as crianças, eram na praia. Nesse ano, resolvemos experimentar uma coisa diferente. O meu filho era um entusiasta da Lego e morria de vontade de ir visitar uma Legoland. Foi um bom pretexto, já que eu morria de vontade de visitar os castelos da Baviera. E lá fomos todos para Munique.

Lembro-me da excitação dos miúdos no dia da partida. Levantaram-se de madrugada, sem protestos, para ir para o aeroporto. Eles nunca tinham andado de avião e receberam um certificado e uma prendinha (creio que foi um baralho de cartas!) da TAP. Cada um tinha uma pequena mochila à sua responsabilidade e sentiam-se muito importantes e orgulhosos.


O dia foi longo. Ao fim da tarde, estávamos na Marienplatz, já em Munique, a ver o célebre relógio da Câmara Municipal, com as suas figuras que se movimentam, quando vejo que a minha filha adormeceu. Adormeceu agarrada à sua mochilinha, encostada a um gradeamento que protegia uma árvore, no meio da praça. Tive um ataque de preocupação maternal, voei para o hotel na ideia de os pôr a descansar algum tempo. Que ideia a minha! Mal chegaram ao hotel, o sono desapareceu. Horas depois, já eu estava esgotada e a precisar de dormir, ainda a minha filha cantava, com uma caneca de meio litro de sumo de laranja na mão, na cervejaria mais célebre de Munique!

Foi uma semana muito boa. Os pais também brincaram na Legoland e os filhos também apreciaram os castelos da Baviera. Quando, depois de algum passeio maior por Munique, os miúdos estavam cansados, fazíamos um jogo: ver quem adivinhava o número de passos que nos faltavam até ao hotel. E tudo acabava em brincadeira. É assim que se vão construindo as relações.

Munique, Agosto de 2002 (Fotografias de Fernando Ferreira)

Mensagens populares deste blogue

Para comer - Dom Lambuças

Uma Rota do Românico

Livros e Viagens - Roma, Exercícios de Reconhecimento