Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

À descoberta da Sicília I - Chegar a Palermo

Imagem
(Cúpula em majólica da Igreja de Santa Maria delle Carmine)
Um aeroporto, como qualquer outro. Depois, um autocarro, desses que em todas as cidades levam os turistas até ao centro da cidade. Após 45 minutos de viagem, chegamos à Estação Central dos comboios. Descemos, parece que o nosso Hotel é ali perto. Vou cheia de expectativas barrocas, o Hotel recuperou um velho palazzo do século XVIII, em pleno centro histórico. Mas Palermo é um sítio estranho. À primeira vista, é uma cidade de cores mediterrânicas, ocres, brancos manchados pelo uso e pelo sol, amarelos desbotados. As janelas têm portadas de tabuinhas e as varandas estreitas são suportadas por ferros exteriores, como prateleiras.


(As vielas do centro de Palermo)
A multietnicidade é evidente: negros, indianos, até italianos! A sujidade e o desarranjo dos espaços públicos choca-nos e faz-nos entrar em desacordo: pode comparar-se com Lisboa? A caminho do Hotel, arrastamos as malas por ruelas estreitas, de prédios decrépitos, roupa nas…

À descoberta da Sicília II - A Ópera das Marionetas

Imagem
Como todos os locais onde se cruzam culturas diferentes, encontramos na Sícilia vestígios culturais muito interessantes e originais, que trazem para o presente influências de tempos antigos, às vezes já tão adulterados que custam a reconhecer. E assim se tornam um património diferenciado e original. É o caso da Opera dei Pupi, ou, traduzindo, a Ópera das Marionetas.

Todos nos lembramos das marionetas, ou Robertos, do tempo da nossa infância. Mal ouvíamos o anúncio, corríamos pela praia ou pelo jardim fora, para, sentados no chão, em semicírculo à volta da barraquinha, nos deliciarmos e rirmos a bandeiras despregadas com as aventuras dos bonecos. Havia sempre um casal que se zangava, um ladrão, e um polícia que acabava a bater em toda a gente… Experimentamos o mesmo encantamento quase infantil em Palermo, na célebre Opera dei Pupi. Não estamos num jardim, mas dentro de casas preparadas especialmente para o espetáculo. Há bancadas corridas, de madeira, onde os espectadores se sentam. Somo…